Sexo (Poema)

por Raphael Martins

[Poema publicado originalmente na fanpage do Relatos de um Garoto de Outro Planeta no Facebook no dia 18 de Dezembro de 2018]


Siga nas redes sociais: 👍 Facebook | 💬 Twitter | 📷 Instagram | 📌 Pinterest
🔔 Seja um padrinho! Conheça minha campanha no Padrim

Eu escrevi esse poema ano passado, ele fala sobre inseguranças, ansiedade, ataques de pânico e até mesmo crises de desrealização (ou crises dissociativas, não sei exatamente qual das duas que eu realmente tive) que eu sofro em alguns momentos relacionados a sexo/sexualidade.

Eu não vou escrever muito sobre isso aqui ao contrário do que eu fiz quando postei o último poema porque esse é um problema que eu ainda não superei e falar sobre ele é muito difícil, embora eu já tenha feito textos sobre isso na página. Vou deixar para vocês lerem meus versos e quem sabe sentir…


Esse desenho que ilustra o poema é novo, eu não havia publicado ele na página antes, eu fiz ele faz tempo, mas tinha deixado ele guardado em uma pasta.


__________________


"SEXO

Parece tão natural para outras pessoas,
Mas quando você me deseja eu estremeço

Quando você me toca, minha mente se inunda
Como São Paulo em uma tempestade de verão 😔

Quero correr, mas não tenho onde me abrigar,
Vou me afogar nessa enchente de pensamentos?
Me falta ar...

Quero ser seu, mas sempre que tento
começa chover 😔🌧️🌩️"

Autor:
Raphael Martins






Comentários

  1. Achei incrível, me deu uma sensação de peso no peito, uma que gosto de sentir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse poema é sobre uma questão que eu ainda não consegui resolver e que me aflinge até hoje. Um dos meus piore medos.

      Obrigado por comentar e me acompanhar! <3

      Excluir

Postar um comentário

Dica: clique em "notifique-me" para que você seja avisado(a) por e-mail quando eu responder seu comentário ❤