Diário de um garoto depressivo bipolar (Reflexões)

Transtorno Afetivo Bipolar - ilustração
Transtorno Afetivo Bipolar


Eu colori um desenho meu esses dias e queria publicá-lo com um alguns versos, mas tive muitos bloqueios criativos e não consegui escrever. Cheguei a conclusão que existem coisas que palavras não conseguem expressar e talvez esse seja um dos casos, então resolvi postar o desenho assim mesmo (esse aí de cima) e fica a critério de vocês compreender o significado dele. Só que para a publicação não se resumir apenas ao desenho resolvi colocar alguns trechos do meu diário aqui.

Comecei um diário, mas não dei continuidade porque depois criei a página do Facebook e agora o blog e eles se tornaram meus diários, por meio deles compartilho meus relatos com outras pessoas, no caderno ninguém lia além de mim.

Então segue algumas coisas que escrevi no caderninho antes de partir para a página. Removi alguns trechos muito íntimos ou em que eu falava sobre outras pessoas que não acho apropriado expor aqui.


Siga nas redes sociais: 👍 Facebook | 💬 Twitter | 📷 Instagram | 📌 Pinterest
🔔 Seja um padrinho! Conheça minha campanha no Padrim


[ALERTA DE GATILHO: Alguns relatos contêm ideação suicida e isso pode provocar um Efeito Werther, portanto, se você está com passando por algo parecido não sei se seria recomendado que você continue lendo, ok?]


______________________


São Paulo, 26 de março de 2017.

Decidi que vou começar um diário. Tenho vontade de fazer isso há bastante tempo, mas não tive forças por causa da depressão.

Tem sido uma fase de descobrimento sobre a minha doença, tenho lido muito a respeito e assistido filmes e palestras. Quero entender o que acontece na minha mente não só para conseguir lidar melhor com a doença, mas também para me politizar a respeito.

Tenho tido muitos pesadelos, nos sonhos eu sempre estou angustiado, tentando me matar e vomitando. Em um dos pesadelos sonhei que eu estava vomitando pedaços de ferro, pregos e arames. Em determinado momento os ferros começaram a sair pela minha pele.

Penso que isso significa a doença se manifestando e saindo de controle...

E na terapia ficou claro que eu engoli muitas coisas desde a infância que me adoeceram e elas estão tentando sair. Vômitos emocionais?

Sei que cresci e me tornei um adulto doente e inseguro por causa das coisas que passei na infância e adolescência. Me sinto tão injustiçado...

Agora tenho que aprender a conviver com um monstro que vai me acompanhar para o resto da vida. Isso me deprime e me faz ter coragem de acabar com a minha vida, algum dia terei.

Sinto como se eu fosse frágil como um vidro e estivesse totalmente despedaçado.

Nesse período eu também tive muitos surtos de pânico, penso que eu deveria desistir logo 😥

______________________


São Paulo, 04 de abril de 2017.

Fiquei alguns dias sem escrever no diário porque eu não quero fazer disso um compromisso e sim um momento meu de reflexão.

Essa semana, voltei com a Dra. Ivani e ela me passou um novo remédio chamado Risperidona que é um antipsicótico. A depressão que parecia um poço sem fundo continuou nos dias seguintes, faltei dois dias no trabalho.

Então a partir da noite da última quinta-feira comecei a melhorar. Me senti com mais energia, então consegui levantar cedo, fiz o café da manhã e alimentei as gatas que é uma tarefa que o Dan geralmente faz no meu lugar.

Tive uma sexta-feira produtiva e fui bem avaliado no trabalho.

Acho que voltei para a realidade, percebi que não estou em uma situação sem saída como pensei que estivesse. É que eu estava incapaz de enxergar, é isso que a depressão faz, distorce a forma que vejo a vida, tudo fica cinza e tempestuoso, sem esperanças.

Fiquei feliz que consegui ver o Jeff também, porque antes eu estava chegando depois que ele já tinha ido embora (ele trabalha no turno da manhã). Ele é o meu primeiro e melhor amigo lá do trabalho, sempre sendo lindo e compreensivo comigo! 💓

Saí mais tarde para compensar os meus atrasos,

Passei o sábado com o Dan assistindo filmes e Digimon Frontier e fui na Kalunga comprar material para desenhar.

Agora a noite estou me sentindo muito esquisito, acho que estou tendo uma crise mista. Eu me sinto bem e com vontade de fazer mil coisas ao mesmo tempo, como se fosse um furacão de pensamentos e ideias que fogem do meu controle, mas, ao mesmo tempo, não consigo dar continuidade a nenhuma atividade,

Se amanhã eu acordar e continuar me sentindo eufórico e depressivo ao mesmo tempo, vou avisar a Dra. Ivani.

______________________


São Paulo, 18 de abril de 2017.

[Nesses dias, graças ao tratamento, eu finalmente saí de um quadro depressivo que me acompanhava por bastante tempo e publiquei apenas um desenho com um verso da música 'Who Says' da cantora Selena Gomez]

Diário de um garoto depressivo bipolar

______________________


São Paulo, 27 de maio de 2017.

Fiquei bastante tempo sem escrever porque nas horas que eu tinha vontade, eu não tinha tempo e vice-versa.

Aconteceram muitas coisas desde que apareci por aqui a última vez. A mais importante delas é que eu não estou mais em fase de depressão. Os remédios fizeram bastante efeito, como consequência engordei um pouco, mas nada preocupante já que sempre fui muito magro.
Agora consigo olhar para o futuro e a vida voltou a ter sentido.

Descobri um novo sonho: quero cursar Psicologia! Estou estudando para o vestibular, tem sido bem gostoso, principalmente ler os livros de literatura, 'Iracema' de José de Alencar é muito bonito.

Ah! Estou redescobrindo o prazer de ler e agora também estou escrevendo poemas em uma página que criei no Facebook sem compromisso.

A melancolia e o medo ainda me visitam de vez em quando, mas geralmente estou bem e espero continuar.


______________________




São Paulo, 26 de março de 2018.

Dessa vez passei quase um ano sem escrever. Resolvi voltar porque estava lendo o diário e é como viajar no tempo, sinto novamente os sentimentos que senti no momento que escrevi cada texto.

Muita coisa aconteceu nesse meio-tempo. Tive várias recaídas de depressão e por conta delas eu não consegui mais estudar para o vestibular e também parei de frequentar a academia.

Me sinto cada vez menos disposto para me dedicar a essas atividades, aliás, qualquer atividade, seja ler um livro, jogar um jogo. Só consigo fazer essas coisas na presença do Dan, me sinto mais motivado. Jogamos jogos juntos e estou indo com ele na academia fazendo o mesmo treino que ele de vez em quando, sozinho nunca.

Também tem sido muito difícil levantar de manhã para ir trabalhar, estou fazendo um esforço absurdo. Por falar em trabalho, dessa vez fui mal avaliado porque não cumpro a minha jornada devido aos atrasos.

Confesso que as minhas expectativas estão tão baixas que espero de tudo, até que eu venha a ser demitido...

Melhorei bastante desde que comecei o tratamento e viver se tornou mais suportável, mas estou bastante cansado dessa jornada. Frequentemente penso em suicídio [nessa parte eu relatava alguns planos suicidas que tive que prefiro omitir já que pode dar ideias para quem está lendo]. Não faço isso porque ainda quero viver com o Dan.

Minha libido está praticamente nula por causa dos remédios e da depressão, nem sei mais o que são relações sexuais.

Vamos nos mudar de apartamento em breve para economizar e para que seja possível pagar minha faculdade.

Eu desisti do FIES porque atualmente ele não prioriza quem já possui alguma graduação classificando somente após as pessoas que ainda não tem, então é praticamente impossível conseguir uma vaga em um curso muito procurado.

Mas meu sonho não acabou porque existem financiamentos privados.

Vou tentar escrever aqui com mais frequência...

______________________

Esse foi o último relato, a partir daí eu passei a escrever apenas na página e agora no blog. Eu omiti algumas partes referentes a euforia também por serem mais delicadas...


Diário de um garoto depressivo bipolar (Reflexões)
Salve no Pinterest!






Comentários

  1. Você já deve ter ouvido que não temos de ser necessariamente o resultado daquilo que os outros nos fazem, mas podemos e devemos nos esforçar sempre para sermos o melhor de nós mesmos, o melhor de quem podemos e desejamos ser.
    Não tenho noção das infelicidades que vc vivenciou na infância e adolescência, mas sei que vc hoje tem conhecimento e condições para ressignificar e buscar ser cada vez mais feliz. Te desejo isso de verdade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou bem melhor hoje!

      Mas é interessante revisitar essas passagens do meu diário.

      Excluir
  2. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    O primeiro desenho foi feito a computador?
    Desenhas mesmo bem e a tua letra é linda!
    Os Blogs são mais do que pequenos diários, mas ajudam-nos muito.
    Os bloqueios criativos são normais em áreas como a nossa.
    Cada um tem altos e baixos bem profundos...
    Beijokitaz




    www.devaneiosdemissl.com

    ResponderExcluir
  3. O desenho diz muito, achei bonito. Que bom que você está melhor agora, a vida é feita de momentos bons e ruins e temos que saber lidar com isso. Nem sempre é fácil, mas é possível. Bjs e fique bem ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou do texto ❤

      Sim, mas quando a gente está em uma fase muito ruim às vezes parece que nunca vamos melhorar.

      Felizmente eu estava errado.

      Obrigado pelo comentário ❤

      Excluir
  4. É bom voltarmos um pouco ao passado para ver o quanto progredimos e continuamos a progredir a cada dia mais, fico extremamente feliz em saber que essa fase ruim passou e que você se encontra bem melhor.
    Sobre o desenho: adorei ele. Parece uma pessoa com vários pensamentos e sentimentos ao mesmo tempo, pelo menos foi a primeira impressão que eu tive.

    Um beijo,
    www.pactoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre legal ver como as pessoas interpretam o desenho.

      Obrigado pelo comentário! ❤

      Excluir
  5. Acho válido usar esse espaço como uma forma de colocar para fora aquilo que nos machuca. Já o fiz por diversas vezes e sempre que sinto necessidade, volto a faze-lo. Espero que esteja bem.
    Keep going Strong

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou sim! Descobri que escrever me ajuda muito ❤

      Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  6. Olá! Vou começar elogiando os desenhos, porque não tem como deixar isso passar. Acho uma ótima ideia a criação de um diário onde você possa colocar aquilo que te faz mal, que te atormenta e o que te magoa. Muitas vezes esses espaços são a ajuda momentânea, a forma de expelir tudo de ruim. Já tive diários e me ajudavam muito. Torço para que te ajude e você fique bem. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado!

      Também acho legal que quando a gente relê é como se estivéssemos viajando no tempo. As lembranças vem.

      Excluir
  7. Fico feliz de que esteja melhor agora, pelo menos conseguiu colocar seus sentimentos nos desenhos que ficaram muito bonitos. Só te falo para não guardar seus sentimentos,coloque-os em uma folha em forma de texto ou desejo, assim podemos desabafar.

    ResponderExcluir
  8. Olá!!
    Achei seus desenhos lindos e acredito que ele fale muito mesmo sem vir acompanhado de um texto. A ideia de diário é bem legal porque se você não tem com quem desabafar, o diário é algo que serve muito bem. Fico feliz que você esteja melhor e vou ficar na torcida para que seja um processo positivo sempre!!
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado deles. Muito obrigado por comentar, volte sempre ❤

      Excluir
  9. Acabei de me deparar com seu blog e logo vi que também sofre de TAB. Conheço poucas pessoas que também tem esse problema, portanto quando vi seu blog já vim correndo ler as postagens sobre isso. Gostei bastante do conteúdo e me identifiquei à beça (isso eu não esperava, não sei porquê). Enfim, é um prazer, mesmo que não me conheça haha.

    bjo
    https://www.imersaoliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado. Eu tenho muitos textos sobre bipolaridade e também sobre saúde mental ❤

      Excluir

Postar um comentário

Dica: clique em "notifique-me" para que você seja avisado(a) por e-mail quando eu responder seu comentário ❤