[Janeiro Branco] Sobreviventes: famosos com transtornos mentais

Portadores de transtornos mentais e neurológicos que resistem

A inspiração para essa publicação veio de um feedback que recebi em um post da fanpage no qual eu explicava a diferença entre Personalidade Borderline e Bipolaridade e se é possível ter os dois diagnósticos ao mesmo tempo. Uma pessoa comentou dizendo que ao utilizar a Amy Winehouse e o Kurt Cobain como exemplos eu poderia estar passando uma mensagem negativa sobre essas condições já que a Amy morreu em decorrência de comportamento autodestrutivo e o Kurt se suicidou.

É claro que esse não foi meu objetivo, coloquei eles para ilustrar a publicação porque ambos são grandes artistas que admiro muito e que é possível perceber vários sintomas nos comportamentos deles, mas eu sempre considero os feedbacks que recebo. Quero melhorar ao máximo o conteúdo do blog/página para vocês, então resolvi criar um texto que ao invés de trazer exemplos de pessoas que tinham transtornos e morreram em decorrência deles, trouxesse alguns que deram a volta por cima e seguem lutando. Assim trago esperança e inspiração para quem me acompanha. Espero que gostem 😍

Siga nas redes sociais: 👍 Facebook | 💬 Twitter | 📷 Instagram | 📌 Pinterest
🔔 Seja um padrinho! Conheça minha campanha no Padrim


J.K. Rowling - Depressão

Autora da série best seller Harry Potter já sofreu com depressão
"Nunca me envergonhei de ter sofrido uma depressão. Nunca. De que deveria envergonhar-me? Enfrentei uma etapa muito dura e estou orgulhosa de a ter superado" - Declaração da autora sobre o episódio depressivo que sofreu
Joanne "Jo" Rowling, a famosa autora por trás da série de livros best-seller Harry Potter passou por uma fase depressiva intensa após o fim do seu casamento com o jornalista Jorge Arantes em 1993. Segundo ela, chegou a ter pensamentos suicidas, mas buscou tratamento por influência de sua filha. Fonte: Extra

A doença também serviu de inspiração para a criação dos dementadores, criaturas sombrias que por um tempo eram utilizadas como guardas da prisão de Azkaban:



Fanart retratando Harry sendo atacado por um dementador em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.
Fanart baseado em uma cena em que Harry é atacado por um dementador
em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Não descobri quem é o autor para dar os devidos créditos.
"Os dementadores estão entre as criaturas mais malignas que vagam pela Terra. Infestam os lugares mais escuros e imundos, se comprazem com a decomposição e o desespero, esgotam a paz, a esperança e a felicidade do ar à sua volta. Até os trouxas sentem a presença deles, embora não podem vê-los. Chegue muito perto de um dementador e todo bom sentimento, toda lembrança feliz serão sugados de você. Se puder, o dementador se alimentará de você o tempo suficiente para transformá-lo em um semelhante…desalmado e mau. Não deixara nada em você exceto as piores experiências de sua vida." 
- Harry Potter e o Prisioneiro de Azkacan 
Ela superou e hoje é uma das mulheres mais bem sucedidas do mundo com uma obra que ganhou o coração de gerações de fãs.



Kesha - Abuso sexual e psicológico, transtornos alimentares e depressão

Cantora e compositora Kesha, transtornos alimentares e depressão
Cantora e compositora Kesha, sobrevivente de abuso sexual e psicológico, bulimia, anorexia e depressão.

Cantora Kesha sofreu anos de abusos sexuais e psicológicos do seu produtor Dr. Luke, no qual ela tem um contrato em que é obrigada a lançar uma determinada quantidade de álbuns com ele ou com a autorização dele.

Kesha conta que Dr. Luka fazia muitos comentários negativos sobre o seu corpo e a estimulava a fazer dietas, tais abusos fizeram com que ela desenvolvesse bulimia e anorexia e tivesse que ser internada em uma clínica de reabilitação. Após sair da clínica, Kesha iniciou uma disputa judicial para conseguir a anulação do contrato, mas infelizmente perdeu e segue presa a ele, mas pelo menos Kesha conseguiu lançar o álbum Rainbow totalmente autoral sem a influência do produtor que também se tornou o disco mais aclamado de sua carreira. Infelizmente isso só foi possível porque Dr. Luke autorizou.

Kesha fala sobre sua luta contra bulimia e anorexia.

O lead single do álbum, Praying, é uma música direcionada a Dr. Luke, com uma letra cheia de mensagens de superação. Segue letra e tradução:

Clipe colorido de Praying

Rezando (tradução para o português)


É, você quase me deixou enganar
Disse-me que eu não era nada sem você
Ah, mas depois de tudo o que você fez
Posso te agradecer pelo quão forte eu me tornei

Porque você trouxe as chamas e me fez passar pelo inferno
Eu tive que aprender a lutar por mim mesma
E nós dois sabemos toda a verdade que eu poderia dizer
Mas vou apenas dizer que isto é o meu adeus a você

Espero que você esteja em algum lugar rezando, rezando
Espero que sua alma mude, mude
Espero que você encontre sua paz
De joelhos, rezando

Eu me orgulho de quem eu sou
Sem mais monstros, posso respirar novamente
E você disse que eu estava acabada
Bem, você estava errado e agora o melhor ainda está por vir

Porque eu posso fazer isso sozinha
E não preciso de você, encontrei uma força que nunca havia conhecido
Eu trarei o trovão, trarei a chuva
E quando eu terminar, eles nem saberão seu nome






Video clipe de Rainbow, música que dá nome ao álbum

Arco-Íris (tradução)

Eu costumava viver na escuridão
Me vestir de preto, agir tão insensível
Mas agora vejo que as cores são tudo
Tenho caleidoscópios no meu penteado
Tenho de volta as estrelas nos meus olhos, também
Sim, agora vejo a magia dentro de mim

Sim, talvez minha cabeça esteja fodida
Mas estou me apaixonando novamente por estar viva
Sonhando com a luz, luz, luzes
Essa gatinha perdeu a cabeça
Estive procurando por um sinal enviado pela estrela de que vou ficar bem
Olho para os céus



Infelizmente o futuro da carreira de Kesha é incerto já que ela perdeu a batalha judicial contra Dr. Luke, porém, ela teve coragem de enfrentá-lo e segue lutando. Ela é um grande exemplo, não é mesmo?


Adam Levine - Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

Cantor vocalista da banda Maroon 5 possui TDAH
Cantor e galã Adam Levine sofre com hiperatividade

"Quando eu fui diagnosticado com TDAH, não foi uma surpresa porque eu sempre tive dificuldade em manter o foco na escola. E eu acho que, mesmo agora, as pessoas observam a minha dificuldade diariamente. Quando eu não consigo prestar atenção, eu não consigo mesmo." - Declaração do cantor
O cantor Adam Levine fala abertamente sobre a sua luta contra o TDAH, inclusive já estrelou uma campanha de conscientização sobre a doença.


Campanha sobre TDAH estrelada por Adam Levine

Não sabe o que é TDAH?
"O que é o TDAH?
O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e freqüentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade. Ele é chamado às vezes de DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção). Em inglês, também é chamado de ADD, ADHD ou de AD/HD. 
Existe mesmo o TDAH?
Ele é reconhecido oficialmente por vários países e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Em alguns países, como nos Estados Unidos, portadores de TDAH são protegidos pela lei quanto a receberem tratamento diferenciado na escola. 
Não existe controvérsia sobre a existência do TDAH?
Não, nenhuma. Existe inclusive um Consenso Internacional publicado pelos mais renomados médicos e psicólogos de todo o mundo a este respeito. Consenso é uma publicação científica realizada após extensos debates entre pesquisadores de todo o mundo, incluindo aqueles que não pertencem a um mesmo grupo ou instituição e não compartilham necessariamente as mesmas idéias sobre todos os aspectos de um transtorno. 
Por que algumas pessoas insistem que o TDAH não existe?
Pelas mais variadas razões, desde inocência e falta de formação científica até mesmo má-fé. Alguns chegam a afirmar que “o TDAH não existe”, é uma “invenção” médica ou da indústria farmacêutica, para terem lucros com o tratamento. 
No primeiro caso se incluem todos aqueles profissionais que nunca publicaram qualquer pesquisa demonstrando o que eles afirmam categoricamente e não fazem parte de nenhum grupo científico. Quando questionados, falam em “experiência pessoal” ou então relatam casos que somente eles conhecem porque nunca foram publicados em revistas especializadas. Muitos escrevem livros ou têm sítios na Internet, mas nunca apresentaram seus “resultados” em congressos ou publicaram em revistas científicas, para que os demais possam julgar a veracidade do que dizem. 
Os segundos são aqueles que pretendem “vender” alguma forma de tratamento diferente daquilo que é atualmente preconizado, alegando que somente eles podem tratar de modo correto. 
Tanto os primeiros quanto os segundos afirmam que o tratamento do TDAH com medicamentos causa conseqüências terríveis. Quando a literatura científica é pesquisada, nada daquilo que eles afirmam é encontrado em qualquer pesquisa em qualquer país do mundo. Esta é a principal característica destes indivíduos: apesar de terem uma “aparência” de cientistas ou pesquisadores, jamais publicaram nada que comprovasse o que dizem. 
Veja um texto a este respeito e a resposta dos Professores Luis Rohde e Paulo Mattos: 
Why I Believe that Attention Deficit Disorder is a Myth 
Porque desinformação, falta de raciocínio científico e ingenuidade constituem uma mistura perigosa. "



Selena Gomez - Depressão e ansiedade em decorrência de Lúpus

Luta contra lúpus, depressão e ansiedade.
Cantora Selena Gomez em uma cena do clipe de Wolves

Cantora Selena Gomez sofre de uma doença autoimune rara chamada lúpus que faz com que as células de defesa da pessoa ataquem suas próprias células sadias provocando inflamação nas articulações, pele, olhos, rins, cérebro, coração ou pulmões, não sendo um tipo de câncer.

É comum que portadores de lúpus também desenvolvam depressão e ansiedade e foi isso que aconteceu com Selena que precisou cancelar uma turnê para ser internada em uma clínica de reabilitação para se tratar.

Leia mais sobre Lúpus

Ela fez um lindo discurso sobre a importância de tratar sua saúde mental no American Music Awards de 2016. Vocês podem conferir a declaração legendada abaixo:

Emocionante discurso de Selena Gomez sobre lutar contra depressão e ansiedade.


Demi Lovato - Transtorno Bipolar, bulimia, automutilação e uso de drogas

Luta contra transtorno bipolar, distúrbios alimentares e uso de drogas.
Cantora, compositora e atriz Demi Lovato

Demi é um grande exemplo de uma artista que enfrenta transtornos mentais e problemas psicológicos há anos, sua vida é feita de autos e baixos, mas ela sempre procura estimular o seu público positivamente por sua música com mensagens fortes sobre superação e amar a si mesmo.

Demi sofre de Transtorno Afetivo Bipolar, bulimia e tem problemas com automutilação e abuso de álcool e drogas ilícitas. Essas são todas são comorbidades muito comuns da Bipolaridade, cerca de 60% dos bipolares possuem problemas com abuso de substâncias.

Não conhece o transtorno bipolar? Eu já falei dessa condição muitas vezes na página porque se trata do meu diagnóstico, mas basicamente transtorno bipolar é uma doença do humor em que a pessoa vivencia episódios de depressão intercalados com euforia ou mistos.

É uma das doenças mais complexas e difíceis de diagnosticar porque ela possui inúmeros possíveis sintomas e duas pessoas com a mesma doença podem ter quadros completamente diferentes. Eu não vou discorrer muito aqui porque eu teria que escrever um texto só sobre transtorno bipolar dada a complexidade dessa condição. Vou deixar apenas um vídeo de uma psiquiatra que pode dar uma base para vocês entenderem como ela funciona:

Dra. Doris Moreno, especialista em Bipolaridade e distúrbios do humor, esclarece dúvidas a respeito da condição.

Demi tem uma história conturbada envolvendo bullying que sofria quando era pequena e também problemas por conta da pressão estética por ser uma artista a entrar no mundo da fama muito jovem.

Demi é muito aberta a respeito desse assunto e sempre comenta em entrevistas. Em alguns de seus documentários ela aborda esse assunto.

Documentário Simply Complicated de Demi Lovato ele possui legendas em português-BR se você configurar clicando no botão da engrenagem.

Recentemente Demi teve uma recaída e voltou a usar álcool e drogas sendo que ela já estava sóbria há alguns anos. O tratamento para esse tipo de condição é a longo prazo e recaídas são comuns. Ela sofreu uma overdose e quase morreu 😰😰😰

Ela lançou uma música que já indicava sua recaída chamada Sober que preocupou seus fãs.

Sober ao vivo no Rock in Rio 2018

Sóbria (tradução)

Eu não tenho desculpas
Para todas essas despedidas
Me ligue quando acabar
Porque eu estou morrendo por dentro
Me acorde quando os tremores sumirem
E o suor frio desaparecer
Me ligue quando acabar
E eu mesma reaparecer

Eu não sei, eu não sei, eu não sei, eu não sei por que
Eu faço isso toda, toda, toda vez
É só quando estou sozinha
Às vezes eu só quero me esconder
E eu não quero lutar
Eu tento e tento e tento e tento e tento
Apenas me abrace, estou sozinha

Mamãe, me desculpe por eu não estar mais sóbria
E papai, por favor, me perdoe pelas bebidas derramadas no chão
Para aqueles que nunca me deixaram
Nós já passamos por isso antes



Britney Spears - Transtorno Bipolar e comportamento autodestrutivo

Britney tem transtorno bipolar.
Britney segurando o prêmio de artista do milênio que ganhou pela Billboard em 2016. Esse é um dos prêmios de honra mais importantes e restritos do mundo da música, apenas Britney, Beyoncé e whitney Houston de cantoras do gênero pop possuem até o momento

Britney é a princesa do pop e uma das minhas maiores inspirações porque a vida dela, pessoal e profissional, quase acabou, porém, ela recuperou-se e está cada vez melhor. Ela possui o mesmo diagnóstico que eu, então eu me projeto nela. Penso: "Nossa, se ela consegue viver bem mesmo com esse problema, conseguirei também!".

Ela é uma das maiores artistas pop da história, apenas ela e o Eminem de sua geração conseguiram a proeza de vender mais de 100 milhões de discos. Ela é uma das cantoras com mais recordes no Guiness Book. Carrega um legado enorme, mas ainda por cima é um grande ser humano.

Entre 2006 e 2007, Britney entrou em crise e começou a protagonizar uma série de escândalos midiáticos. Entre alguns está o desastroso ensaio de Britney Spears para OK! Magazine, em que Britney estava completamente fora de si. As coisas pioraram quando ela raspou a própria cabeça e posteriormente agrediu um paparazzi que estava assediando ela.


Britney raspa a cabeça em crise.
Britney raspa seu cabelo em crise e choca o mundo


Britney ataca carro de paparazzi com guarda-chuva
Britney ataca paparazzi com guarda-chuva ao ser assediada por ele


Mas o ápice foi a apresentação do VMA 2007. Britney estrelou algumas das melhores performances do VMA da história da premiação, como a de I can't get no Satisfation/Oops I did it Again de 2000, a de I'm a Slave for You de 2001 com a cobra e a de Like a Virgin/Hollywood com a Madonna e a Chrtina Aguilera em 2003, porém, em 2007 ela foi extremamente criticada.

Algumas fontes anônimas dizem que Britney teria faltado em alguns dos ensaios (não temos como saber se isso é verdade ou mentira) e durante a apresentação estava completamente perdida, em alguns momentos ela não consegue acompanhar os passos da coreografia e às vezes parece querer não estar ali. Também criticaram ela por estar um pouco acima do peso, mas eu sinceramente acho esse tipo de crítica ridículo.


Polêmica apresentação de Britney no VMA 2007 que quase
acabou com a sua promissora carreira

Após terminar de se apresentar, Britney pediu para assistir a performance e ficou arrasada com o resultado. Alguns comentários de outras pessoas sobre:
- Ela estava extremamente nervosa. Já fazia um tempo que ela não fazia nada desse tipo, e ela estava se apresentando na frente de todos os seus colegas, ao vivo na TV. Ela simplesmente chegou lá e ficou paralisada. As pessoas que estavam nos ensaios viram outra coisa. Estava bom. Estava mesmo - disse outra pessoa, ligada ao VMA. 
O rapper Kanye West, que não levou nenhum dos cinco prêmios a que concorreu e decidiu abrir o verbo contra a MTV, disse que a emissora explorou Britney Spears. 
- Eles exploraram a Britney para ajudá-la a acabar com sua carreira. Quando ela estava se apresentando, já perto do fim, eu me senti tão mal por ela. Eu pensei, "Cara, é um jogo sujo. Esse jogo vai mastigar você e te cuspir para fora" - disse West em uma entrevista à rádio Z100. 
Fonte: O Globo
Esses escândalos que mencionei aí em cima foram apenas a ponta do iceberg, todos os dias a Britney estava nas manchetes por um motivo diferente. Ela tinha comportamentos muito esquisitos, desequilibrada e às vezes parecia estar delirando. Chegou a ser internada várias vezes em clínicas de reabilitação e perdeu a guarda dos filhos, o que a deixou arrasada.
"Nossa, mas você nem falou sobre ela ter sido flagrada sem calcinha"
Eu não queria falar disso porque acho essa polêmica extremamente desnecessária, os tabloides noticiavam que Britney era flagrada sem calcinha como se ela estivesse fazendo isso para chamar atenção e exibir o seu órgão genital. Na verdade, muitas mulheres não usam em algumas ocasiões para não marcar os vestidos e não para exibirem seus genitais.

Os jornais de fofocas aproveitavam as polêmicas e veiculavam muitas notícias falsas e exageradas para lucrar em cima do colapso de Britney.

Parece que todos queriam fotagrafa-la surtando e veicular notícias sensacionalistas, mas ninguém queria ajudá-la. Britney não fazia mal a ninguém além de si própria, mas recebia ódio gratuito e deboche por toda parte.

Então vazaram documentos que foram divulgados pelo TMZ indicando que Britney havia sido diagnosticada com transtorno bipolar, o que faz todo sentido e explica suas mudanças bruscas de comportamento. Daí em diante ela passou a melhorar cada vez mais e esses terríveis episódios de 2007 ficaram no passado, apesar de frequentemente as pessoas ficarem desenterrando e fazendo piadas com eles.

Os primeiros indícios da volta por cima de Britney foram quando ela ganhou o principal prêmio do VMA 2008 com o clipe Piece of Me, música e video que falavam justamente sobre a sua vida conturbada da época.

Clipe de Piece of Me

Luta contra transtorno bipolar - a volta por cima no VMA 2008
Britney ganhou 3 VMAs com Piece of Me na edição de 2008 da premiação, ano seguinte ao seu colapso nervoso.

Pedaço de Mim (tradução)

Eu sou a Srta. Sonho Americano desde os meus 17 anos
Não importa se estou em cena
Ou fugindo para as Filipinas
Ainda assim, vão colocar fotos do meu traseiro nas revistas
Você quer um pedaço de mim?
Você quer um pedaço de mim?

Sou a Srta. Carma Ruim da Mídia
A cada dia um novo drama
Acho que não vejo problema
Em trabalhar e ser mãe
Mesmo com uma criança no colo
Continuo ganhando quantias excepcionais
E você quer um pedaço de mim

Sou a Srta. Estilo de Vida dos Ricos e Famosos
(Você quer um pedaço de mim?)
Sou a Srta. Meu Deus, Essa Britney é Sem-vergonha
(Você quer um pedaço de mim?)
Sou a Srta. Extra! Extra! Últimas Notícias
(Você quer um pedaço de mim?)
Sou a Srta. Ela Está Gorda Demais, Agora Está Magra Demais
(Você quer um pedaço de mim?)

Sou a Srta. Você Quer Um Pedaço de Mim?
Se está tentando me aborrecer
Bem, entre na fila com os paparazzi
Que ficam me enlouquecendo
Torcendo pra que eu me meta em confusão
E acabe fazendo um acordo no tribunal
E agora você tem certeza que quer um pedaço de mim? (você quer um pedaço de mim?)



Também em 2008, Britney lançou um novo álbum chamado Circus que foi um sucesso absoluto e um dos álbuns mais premiados da sua carreira. Britney também iniciou uma nova turnê intitulada The Circus Tour: Starring Britney Spears e se emocionou no show de abertura ao ver como o público estava ansioso para prestigiá-la.

Britney emocionada no show de abertura da turnê do álbum Circus.
Britney emocionada no show de abertura da turnê do álbum Circus

Hoje mais de 10 anos depois Britney não poderia estar melhor, ela está totalmente saudável, tem dois filhos lindos. Sua vida pessoal e a sua carreira estão totalmente sob controle e também o seu quadro de bipolaridade. Ela não costuma falar muito sobre sua condição e seus problemas psicológicos, ela é bem reservada, mas só as atitudes dela e essa volta por cima que ela deu são um grande exemplo.

Mas nem tudo são flores, Britney vive em uma conservadoria em que sua família é responsável por ela como se ela fosse uma pessoa menor de idade. Não sabemos ao certo o porquê, mas foi uma decisão da justiça porque assim se a Britney se desestabilizar novamente, sua família poderá intervir, né?

Além disso, a Britney passou por uma fase ruim também durante a turnê do álbum Femme Fatale em que o público e a mídia especializada diziam que ela estava muito apática nos palcos e não estava mais dançando tão bem quanto de costume. Como eu disse mais acima sobre a Demi Lovato: esses tratamentos são a longo prazo, então recaídas fazem parte. Desde 2013, início da residência Piece of Me, Britney tem melhorado muito nesses aspectos.

Britney Spears em um dos shows da turnê do album Femme Fatale
Britney em um dos shows da turnê Femme Fatale em que ela foi criticada por estar muito apática e desconectada nos palcos. 

Vídeo da performance. Até que eu considero essa bem legal, mas admito que na maior parte do show ela está bem apática e desconectada.

Para completar ela recebeu o prêmio de artista do milênio pela Billboard, um dos prêmios de honra mais importantes e exclusivos do mundo da música em que apenas ela, Beyoncé e Whitney Houston possuem dentre as cantoras do gênero pop. No dia que recebeu o prêmio, fez uma apresentação incrível com medley de algumas de suas músicas e isso também foi um grande marco porque fazia anos que ela não se apresentava em premiações desse porte, provavelmente por insegurança por causa do do VMA de 2007.


Britney abriu o BBMA 2016 com um medley incrível e recebeu o prêmio de artista do milênio. Graças a essa apresentação foi aclamada pela mídia que diz que ela lembra seus melhores dias como performer.


Será que lá em 2007, no meio do colapso que ela teve, ela imaginou que quase 10 anos depois toda a mídia que estava debochando dela iria aclamá-la como uma das artistas mais importantes do mundo da música?

Muitas pessoas acreditam que porque a Britney não costuma cantar ao vivo em seus shows e apresentações ela não tem talento ou é uma artista fabricada, mas isso é senso comum. Além de cantora, Britney é compositora, toca piano e é produtora.

As composições dela são incríveis e ela foi a produtora executiva do álbum Blackout, que foi lançado durante o pior ano da sua vida, mas que é um dos álbuns mais influentes da história da música pop sendo responsável por definir a sonoridade de uma década inteira. Ela também participa de praticamente todos os processos criativos de sua carreira, ela co-produz todas as suas turnês e é considerada uma das maiores performers de todos os tempos.

Álbum Blackout é adicionado ao Rock and Roll Hall of Fame devido à sua influência. Rock and Roll Hall of Fame and Museum ("Corredor da Fama e Museu do Rock and Roll" em português) é um museu e uma instituição em Cleveland, Ohio, Estados Unidos, dedicado, como o nome sugere, a registrar a história de alguns dos mais conhecidos e influentes artistas, produtores e outras pessoas que tiveram grande impacto na indústria musical.

Britney é um grande exemplo de superação e de que é possível viver bem com tratamento mesmo tendo um transtorno mental considerado grave.

Para finalizar segue um vídeo que um fã fez mostrando como foi o começo da carreira da Britney até finalmente ela assinar com uma gravadora. Nele, vemos como ela precisou fazer aulas de dança, ginástica e música durante a infância para se tornar a artista que ela é hoje e também vemos que apesar de ela não ter o costume de cantar ao vivo nos shows atualmente. Precisou sim cantar para os executivos e agenciadores de talento, bem como participar de inúmeros shows e programas de calouros.

Vídeo curto demonstra como foi o começo de carreira de Britney Spears.


Lady Gaga - Abuso sexual, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT), depressão, uso de drogas e fibromialgia

Transtorno de Estresse Pós-traumático e fibromialgia
Uma das grandes artistas do momento, estrela do remake do clássico Nasce Uma Estrela,
também sofre com transtornos mentais.

Coloquei no título as doenças que acredito que sejam as principais. Muitas pessoas pensam que a Gaga mente sobre sofrer com esses problemas por questões de marketing porque elas julgam que ela exagera. O que não sabem é que todas as questões que Gaga relata são totalmente relacionáveis e que pessoas que tem transtornos mentais possuem comorbidades (outras doenças derivadas).

Em 2015, Gaga lançou a música Til It happens to You escrita por ela e por Diane Warren para o documentário The Hunting Ground que fala sobre agressões sexuais em faculdades nos Estados Unidos. Quando lançou essa música, Gaga revelou que ela também já sofreu agressão sexual que teria ocorrido no início de sua carreira por um produtor. Gaga disse que nunca tinha contado para ninguém que havia passado por isso, nem para seus familiares.

Clipe de Til It Happens to You

Até Isso Acontecer Com Você (tradução)

Você me diz que isso vai passar, vai passar, com o tempo
Você diz que vou me recompor
Se recomponha, você vai ficar bem!
Diga-me, o que diabos você sabe? O que você sabe?
Diga-me como é que você poderia saber? Como poderia saber?

Até isso acontecer com você
Você não sabe como me sinto, como me sinto
Até isso acontecer com você, você não saberá, não vai ser real
Não, isso não vai ser real, não saberá como como me sinto

Você me diz para manter a cabeça erguida
Levante a cabeça e seja forte
Porque quando você cai, você tem que levantar
Você tem que levantar, e seguir em frente
Diga-me como é que você poderia falar, como você poderia falar?
Porque até você andar por onde eu andei
Isso não é brincadeira



Posteriormente Gaga revelou que recebeu o diagnóstico de Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) tendo como uma das principais causas esse episódio do estupro, mas também ocasionado por outros fatores como o de ter sido sobrecarregada no começo da carreira com a turnê The Monster Ball Tour que teve quase 300 shows e a turnê seguinte Born This Way Ball Tour que foi cancelada porque Gaga machucou seu quadril por causa do excesso de esforço físico.

Gaga relatou em várias entrevistas que após sofrer a lesão ela se sentiu abandonada por pessoas que trabalhavam com ela, como se eles a vissem apenas como uma máquina de fazer dinheiro e não como um ser humano que também tem suas necessidades. Esses episódios estão todos relacionados e se a gente for analisar, são todos casos de abuso e exploração.

Gaga escreveu uma carta aberta no site da Born This Way Fundation, instituição fundada por ela que trata de diversos assuntos como saúde mental, bullying e aceitação. Segue a tradução da carta:
"Eu tenho lutado por algum tempo sobre quando, como, e se eu deveria revelar o meu diagnóstico de Transtorno de Estresse Pós-Traumático (PTSD). Depois de cinco anos procurando as respostas para minha dor crônica e a mudança que senti em meu cérebro, estou finalmente bem o suficiente para lhe dizer. Há muita vergonha ligada à doença mental, mas é importante que você saiba que há esperança e uma chance de recuperação.
É um esforço diário para mim, mesmo durante este ciclo de álbuns, regular meu sistema nervoso para que eu não entre em pânico em circunstâncias que para muitos pareceriam situações rotineiras. Exemplos são sair de casa ou ser tocado por estranhos que simplesmente querem compartilhar seu entusiasmo pela minha música.
Eu também luto com disparos das memórias que eu carrego de meus sentimentos dos últimos anos em turnê, quando minhas necessidades e pedidos para o equilíbrio estavam sendo ignorados. Eu estava sobrecarregada e não estava sendo levada a sério quando compartilhei minha dor e preocupação de que algo estava errado. Eu acabei me ferindo na Born This Way Ball. Aquele momento e a lembrança disso mudaram minha vida para sempre. A experiência de se apresentar noite após noite em dor mental e física, enraizou em mim um trauma que revivo quando eu vejo ou ouço coisas que me lembram desses dias.
Eu também vivencio algo chamado dissociação, que significa que minha mente não quer reviver a dor, então 'eu olho e encaro' em um estado vago. Como meus médicos me ensinaram, eu não posso expressar meus sentimentos porque meu córtex pré-frontal (a parte do cérebro que controla o pensamento lógico e ordenado) é substituído pela amígdala cerebral (que armazena a memória emocional) e me envia para uma resposta de luta ou fuga. Meu corpo está em um lugar e minha mente em outro. É como se o acelerador de pânico em minha mente ficasse emperrado e eu ficasse paralisada de medo.
Quando isso acontece, eu não consigo conversar. Quando isso acontece repetidamente, faz com que eu tenha uma reação comum de PTSD, em que me sinto depressiva e incapaz de funcionar como eu costumava. É mais difícil fazer meu trabalho. É mais difícil fazer coisas simples, como tomar banho. Tudo tem se tornado mais difícil. Além disso, quando sou incapaz de controlar minha ansiedade, pode resultar em somatização, que é a dor no corpo causada por uma incapacidade de expressar minha dor emocional em palavras.
Mas eu sou uma mulher forte e poderosa que está ciente do amor que eu tenho ao meu redor, da minha equipe, minha família e amigos, meus médicos e dos meus fãs incríveis que eu sei que nunca irão desistir de mim. Eu não vou desistir dos meus sonhos, da arte e da música. Eu continuo aprendendo como passar por isso, porque eu sei que eu consigo. Se você se identifica com o que estou compartilhando, por favor, saiba que você consegue também.
Tradicionalmente, muitos associam PTSD como um condição encarada por homens e mulheres corajosos que servem países em todo o mundo. Embora seja verdade, eu busco aumentar a conscientização de que esse distúrbio mental afeta todos os tipos de pessoas, incluindo os jovens. Eu me empenho não somente em ajudar os jovens a não se sentirem envergonhados das suas próprias condições, mas também oferecer apoio aos militares e às mulheres que sofrem de PTSD. Nenhuma dor invisível deve passar despercebida.
Eu estou fazendo várias modalidades de tratamento de psicoterapia e estou tomando remédios receitados por meu psiquiatra. No entanto, eu acredito que o mais barato e talvez o melhor remédio no mundo são as palavras. Palavras gentis… Palavras positivas… Palavras que ajudam as pessoas que se sentem envergonhadas de uma doença invisível a superar sua vergonha e que se sintam livres. É assim que eu e nós podemos começar a curar. Eu estou começando hoje porque segredos te deixam doente, e eu não quero manter esse segredo mais.
Uma nota da minha psicóloga, Dr. Nancy:
Se você acha que pode ter PTSD, por favor procure ajuda profissional. Há muita esperança para recuperação. Muitas pessoas acham que o evento que estimulou PTSD precisa ser o foco. Ainda assim, frequentemente as pessoas irão vivenciar o mesmo evento e ter reações completamente diferentes a ele. É minha opinião que o trauma ocorre em um ambiente no qual seus sentimentos e experiência emocional não são valorizados, ouvidos e entendidos. O evento específico não é a causa da experiência traumática. Essa falta de um 'porto seguro' de sentimentos é a verdadeira causa da experiência traumática. Encontrar apoio é a chave." 
TEPT é uma doença muito comum em pessoas que sofreram abusos sexuais ou psicológicos durante algum período da vida e também ocorre com frequência em militares que participaram de guerras.

Lady Gaga também sofre com uma doença chamada Fibromialgia que consiste em dores crônicas no comporto inteiro e é de origem psicológica e é sempre uma comorbidade de pessoas que sofrem algum transtorno mental. Minha mãe é bipolar e também sofre com fibromialgia, por exemplo.

Lady Gaga fazendo tratamento para fibromialgia
Cantora Lady Gaga fazendo um tratamento para fibromialgia

Gaga precisou cancelar o show que ia fazer no Rock in Rio do Brasil em 2017 deixando muitos fãs tristes e posteriormente também a turnê Joanne World Tour porque não estava aguentando as fortes dores.

Leia mais sofre fibromialgia.



Lady Gaga apresentando a música Dope no YouTube Music Awards em 2013.
Ela estava emocionada, pois tinha acabado de romper com o seu antigo empresário Troy Carter


Droga (tradução)

Rolhas tiradas, é agora
A festa acaba de começar
Eu lhe prometo que
Esta é a minha última bebida
Eu sei que estraguei tudo de novo
Porque perdi meu único amigo
Deus, perdoe meus pecados
Não me abandone, eu
Oh, eu me odiarei até morrer

Meu coração se quebraria sem você
Posso não acordar sem você
Tenho estado pra baixo, por viver drogada por tanto tempo
Me desculpe e eu te amo
Cante comigo, "Bell Bottom Blue"
Eu continuarei procurando por uma resposta, porque eu preciso de você mais que de drogas



Dope é uma música que pertence ao álbum ARTPOP de 2013 e foi lançada como single promocional do mesmo atingindo boas posições nas plataformas digitais. Ela fala sobre a relação de Gaga com as drogas no passado. Uma das drogas que ela já afirmou ter utilizado foi cocaína:
"Estava muito deprimida quando tinha 19 anos. Voltava para o meu apartamento todos os dias e só ficava lá. Era tranquilo e solitário. Era calmo. Apenas eu e meu piano. Tinha uma televisão e a deixava ligada o tempo todo só para me sentir acompanhada”, afirmou ela. "Tudo isso, especialmente, durante o período em que estava usando cocaína. Era como se a droga fosse minha amiga. Eu nunca fiz isso [ consumir drogas] com outras pessoas. É uma maneira terrível de preencher o vazio, porque só aumenta esse vazio, não é real.” 
Fonte: Revista Quem


Capas do álbum Born This Way de Lady Gaga, músicas sobre aceitação.
Capas das versões Standard e Deluxe do álbum Born This Way (2011) de Lady Gaga
Hinário carregado de mensagens de superação e empoderamento

Gaga se esforça para influenciar positivamente os jovens a respeito de temas como autoestima, autoaceitação, saúde mental, etc. Ela utiliza ela mesma como exemplo para seus queridos fãs. O álbum Born This Way de 2011 é carregado de músicas com mensagens positivas de amor-próprio e autoaceitação e foi extremamente influente.


Lady Gaga apresentando a música Born This Way
pela primeira vez durante cerimônia do Grammy Awards.


Nasci Desse Jeito (tradução)

Não importa se você ama ele, ou Ele
Apenas levante suas mãos
Pois você nasceu desse jeito, querido

Minha mãe me disse quando eu era criança
Que todos nós nascemos super estrelas
Ela penteava meus cabelos e me passava batom
No espelho da sua penteadeira

Não há nada de errado em amar quem você é
Ela dizia: Pois Ele te fez perfeita, querida
Então levante a sua cabeça, garota, e você irá longe
Me escute quando eu digo

Eu sou linda do meu jeito
Pois Deus não comete erros
Estou no caminho certo, querido
Eu nasci desse jeito

Não se esconda atrás de arrependimentos
Apenas ame a si mesma e você estará bem
Eu estou no caminho certo, querido
Eu nasci desse jeito



Alguns lugares afirmam que a taxa de suicídios entre jovens caiu nos EUA influenciada pelo álbum e toda a campanha de Gaga em cima dele, não tenho certeza dessa informação e não consegui encontrar fontes que comprovam. Vi algumas notícias de alguns sites, mas sem trazer os links das pesquisas, então trouxe só a título de curiosidade, ok?

Além desses problemas, Gaga também já revelou que quando era mais nova sofreu com distúrbios alimentares, mas que parou porque percebeu que estava prejudicando sua voz.

Gaga é uma guerreira, que sejamos guerreiros como ela! 😍


Mariah Carey - Transtorno bipolar e alcoolismo

Transtorno Bipolar

Cantora estadunidense Mariah Carey, uma das maiores vocalistas de todos os tempos e uma das cantoras com os maiores recordes de vendas de álbuns e desempenhos de singles também revelou em uma entrevista para a revista People esse ano que sofre de Transtorno Bipolar e que recebeu esse diagnóstico em 2001.
"Até pouco tempo atrás, eu vivia em negação e isolamento e em constante medo de que alguém me expusesse. Era um fardo pesado para carregar e eu não conseguia mais. Eu cedi, recebi o tratamento e coloquei pessoas positivas ao meu redor, para voltar a fazer o que amo – escrever canções e fazer música”
Mariah revelou que seus episódios eufóricos têm como principal sintoma insônia e excesso de produtividade, enquanto nas fases depressivas ela sente muita falta de energia. Ela também disse que apesar de ter guardado esse segredo por quase 20 anos, resolveu se abrir por se inspirar em outras celebridades que assumem publicamente sofrer com transtornos mentais.

Existem especulações de que Mariah também sofra com alcoolismo, que como já falei na parte da Demi Lovato, é uma coisa comum entre bipolares. Elas vieram de acusações que o irmão de Mariah teria feito alegando que ela é alcoólatra.

Penso que ela é um bom exemplo também porque ela luta contra essa doença há muitos anos, faz tratamento há quase 20 anos e teve coragem de assumir publicamente que sofre com isso.


Pe. Marcelo Rossi - Depressão

Depressão não é falta de fé.

Eu não sou uma pessoa religiosa, mas resolvi escolher o Pe. Marcelo Rossi para integrar essa lista por dois motivos:
  • Existem muitas pessoas que acreditam erroneamente que depressão é falta de religiosidade ou fé e o padre, inclusive, era uma delas e ele mesmo fala que depois de ter passado por essa experiência mudou de opinião a respeito da condição;
  • Sei que algumas pessoas que me acompanham podem ter alguma crença, então eu penso que trazer uma pessoa religiosa pode inspirar quem também é.
Depressão é uma doença e não tem nada a ver com falta de fé. Assim como pessoas que tem fé podem ficar gripadas, ou terem infecção alimentar, elas também desenvolvem transtornos mentais. Mesmo que a pessoa estivesse de fato com falta de fé, será que apontar o dedo para a cara dela e dizer isso iria ajudar?


Pe. Marcelo Rossi enfrentou um quadro grave de depressão em que ele chegou a ter variações extremas no seu peso e ele é uma pessoa que vive a religião em tempo integral.

Alterações bruscas de peso
Pe. Marcelo Rossi sofreu variações de peso extremas devido à depressão.


Finalizando

Espero que esse texto tenha sido útil e tenha feito vocês enxergarem de alguma forma que mesmo possuindo algum transtorno mental é possível viver bem. Temos que perseverar 😎😎😎

Deixe seu comentário! Compartilhe esse texto nas suas redes sociais ou com amigos e familiares que possam se interessar!


[Especial Janeiro Branco] Sobreviventes
Salve no Pinterest!





Comentários

  1. Muito bom este post eu sofro com depressão, ansiedade, síndrome do pânico. É não sabia que existem pessoas do mundo artístico com problemas psicológicos assim tão graves. Meus problemas descontrolados por medicamentos. Mas graças a Deus estou conseguindo sobreviver. No meu blog eu falo um pouco sobre a depressão mas não com tanta profundidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você esteja sobrevivendo também ❤

      Tenho transtorno bipolar diagnosticado e no começo do blog eu falava disso o tempo inteiro, agora continuo falando de coisas de saúde mental, mas também trazendo outros tipos de conteúdos mais leves.

      Acho que faz parte da nossa melhora isso.

      Excluir
  2. Fiquei feliz com seu post mostrando o outro lado da moeda, é possível sim dar a volta por cima, embora não seja fácil...É necessário ter ao lado pessoas queridas e fortes para fazer a caminhada junto com você...E ter coragem para confessar que precisa de ajuda...
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, ver exemplos de pessoas que sobreviveram dá uma motivação a mais e faz a gente enxergar que é possível. Ainda mais quando essas pessoas passaram por coisas pesadas como os exemplos que eu trouxe aqui.

      Obrigado pela visita, beijos ❤

      Excluir
  3. Nossa, não sabia que todos eles sofriam dessas coisas, chocada estou.
    Mas ver como suas recuperações foram chega a me deixar inspirada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Às vezes a gente pensa que celebridades estão muito distantes de nós, mas com ou sem fama e dinheiro somos todos humanos.

      Excluir
  4. Nossa que post incrível!
    Muitas vezes temos a impressão errônea de que dinheiro soluciona e esse post veio provar que nem dinheiro, nem fama te distancia de problemas. Muitas vezes podem até contribuir a desenvolver por estar sempre sendo cobrado e ter sua privacidade afetada, mas é ótimo ver que nós, ditos meros mortais, não estamos sozinhos nessa luta.
    Parabéns pelo texto e por escolher essa tema tão importante a ser falado.
    Beijos,
    Amanda Rocha

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha.. todos nós temos dificuldades na nossa vida e a qualquer momento podemos ter depressão quem dera se fossemos fortes mas somos humanos. uns são decotados pela depressão outros dar a volta por cima e mesmo que a doença não tem cura, mas controle emocional com tratamento, mas podemos viver para triblar essa depressão e assim mostrar as pessoas eu conseguir vc tb pode... adorei a resenha, bjs e sucesso!

    ResponderExcluir
  6. Que belo artigo! Precisamos sim falar sobre estes transtornos/distúrbios que são extremante comuns e que podem causar estragos em níveis estratosféricos se não forem tratados. Eu tenho diagnóstico de Ansiedade e Depressão também e posso afirmar que cada dia é uma luta, assim como é para quem tem bipolaridade, borderline, TDAH e outros. Não podemos banalizar ou diminuir a dor dos outros, mas sabemos que grande parte da sociedade ainda faz isso, até por conta da ignorância e a nossa missão é combater desinformação com informação e dar a mão aos demais que também enfrentam batalhas internas.
    O seu post foi muito sensível e esclarecedor. Não sabia que metade desses artistas sofrem com seus respectivos transtornos, mas fico feliz por eles servirem como exemplo de luta e superação para as demais pessoas que estão na mesma condição.
    Desejo muita força para que você em suas lutas diárias também, garoto! Se cuida. ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e pelo comentário ❤. Desejo o mesmo para você e espero te ver mais vezes por aqui :3

      Excluir
  7. Ótimo post! Utilidade pública! <3
    Precisamos mesmo falar sobre os transtornos mentais e abraçar as pessoas que passam por estes problemas diariamente. Ainda bem que estes artistas servem como bons exemplos de superação e como porta-voz das milhares de pessoas anônimas que enfrentam os mesmos dilemas.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, é cada pessoas que ja sofreram/sobre com esses problemas mentais, que nem sabemos que a pessoa sofria.... Muito Útil seu post! Adorei.

    ResponderExcluir
  9. Gostei desse post pois podemos ver que os famosos não vivem sempre em um mar de rosas e são pessoas iguais a gente com problemas e dificuldades. A única celebridade que conhecia com um transtorno é a Britney, não sabia dos demais. Susan Boyle (acho que é assim que ela se chama) sobre da síndrome de Asperger.

    ResponderExcluir
  10. Muitas pessoas opinam sobre a estética e vida dos famosos como se elus fossem apenas objetos de cultura pop. A Demi a artista que mais chamou minha atenção quanto a toda essa questão de doenças e transtornos mentais. Todas essas pessoas são exemplos de luta e força. É sempre bom lembrar o quão incríveis são muitas das pessoas que seguimos e/ou ouvimos ❤ Amei o post! ❤ Gostaria de dar uma indicação: Faz um post falando sobre transtornos mentais em desenhos animados ❤❤❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a sugestão. Vou pesquisar esse tema e talvez escreva em breve (não posso prometer quando porque estou muito ocupado kk).

      Abraços ❤

      Excluir
  11. Gostei muito de você trazer alguns transtornos, e exemplificá-los com ícones famosos e conhecidos do grande público. É bem interessante pra trazer uma conexão, e talvez quem tenha lido seus post, consiga "guardar" melhor as informações por terem exemplos tão específicos. Ficou muito, muito, muito bom seu post. Abraços

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que essa junção entre conhecimentos científicos e cultura pop é bem interessante para que as pessoas absorvam eles de forma mais prática. Fico feliz que você tenha gostado ❤

      Excluir

Postar um comentário

Dica: clique em "notifique-me" para que você seja avisado(a) por e-mail quando eu responder seu comentário ❤