Transtornos mentais na série Batman

Transtornos mentais na série Batman
(Imagem retirada da internet)

O mundo está fervendo por causa do lançamento de Os Vingadores: Ultimato, mas eu, como grande do contra que sou, gosto mais do universo DC.

Nos últimos anos a DC tem vacilado nos cinemas lançando muitas produções medianas, mas gosto mais dela (considerando todas as mídias, não só o cinema) por causa do ar mais sério e obscuro em contraste ao mais leve da Marvel.

O grande protagonista dos Vingadores é o Tony Stark, Iron Man. Para quem não sabe, esse personagem foi criado como uma resposta da Marvel ao Batman. Ambos são bilionários que usam dinheiro e tecnologia para se tornarem heróis, entre outras semelhanças.

Nem preciso dizer que o Batman me encanta muito mais, não é mesmo? Além de ser um personagem com muitas camadas, o universo de Gotham conta com uma infinidade de vilões extremamente criativos e memoráveis e tem como foco questões psicológicas e psiquiátricas já que a maioria deles não tem a sanidade mental.

Siga nas redes sociais: 👍 Facebook | 💬 Twitter | 📷 Instagram | 📌 Pinterest
🔔 Seja um padrinho! Conheça minha campanha no Padrim

Também há o Asilo Elizabeth Arkham para os Criminalmente Insanos, também chamado de Asilo Arkham, que é um hospital psiquiátrico em que a maioria dos vilões da série e alguns outros também do universo DC chegaram a ser internados.


Pensando nisso, resolvi criar um post com os possíveis transtornos mentais de alguns personagens da série Batman. Espero que vocês gostem e vejam a superioridade do morcegão comparado ao homem de lata. 😂😂😂

[Observação: se tratam de hipóteses, nem sempre de informações confirmadas pela DC, ok?]

Batman (Bruce Wayne) - Transtorno de Estresse Pós-Traumático

Transtornos mentais na série Batman
(Imagem retirada da internet)

Começando pelo protagonista: Bruce apresenta tons de Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) em decorrência do episódio da morte dos seus pais. 

Bruce testemunhou a morte de seus pais, Thomas e Martha Wayne, quando era pequeno e essa foi uma das suas motivações para se tornar o Batman.

Estresse Pós-Traumático é um transtorno que está geralmente relacionado a pessoas que vivenciaram um trauma muito forte como abuso sexual/estupro, guerra, violência, acidentes de trânsito, entre outras situações em que a vida da pessoa esteve ameaçada. Entre os sintomas mais comuns estão pesadelos frequentes sobre o episódio traumático, estresse e ansiedade e até mesmo ataques de pânico ao ter que relembrar o trauma ou presenciar qualquer coisa que o remeta a ele de alguma forma.


Coringa - Transtorno de Personalidade Antissocial (Psicopatia)

Transtornos mentais na série Batman
(Imagem retirada da internet)

Maior vilão da série e também do universo DC, Coringa tem claramente um perfil de personalidade antissocial (popularmente chamado de psicopatia). Ele é um personagem completamente perverso que faz maldade apenas por diversão.

No filme Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008) do Christopher Nolan, o Coringa rouba um banco inteiro e depois bota fogo em todo o dinheiro. Ou seja, o que importa para ele é se divertir, não necessariamente enriquecer.

Coringa também tem tons de psicose, mas sua característica mais marcante é a perversidade. Antissociais, ou psicopatas, não tem empatia pelas outras pessoas e as utilizam como peças de um jogo.

[Atualização 13/05/2019:

Algumas pessoas comentaram que o Coringa seria sociopata não psicopata. A diferença seria que o psicopata esconde sua perversidade, enquanto o sociopata expõe e quer ver o caos. Não existe consenso sobre a distinção entre os dois termos e a Dra. Ana Beatriz, autora do livro 'Mentes Perigosas - O psicopata mora ao lado' considera que se tratam da mesma condição. Para a OMS o termo correto é personalidade antissocial sendo 'psicopatia' e 'sociopatia' termos informais.

Antigamente também se utilizava o termo 'psicopata' para se referir a pessoas que nasceram com a condição e 'sociopata' para os que se tornaram assim devido a traumas e outras questões sociais e psicológicas. Hoje se sabe que ninguém nasce com transtorno de personalidade, logo está visão é ultrapassada.]


Arlequina (Harleen Quinzel) - Transtorno de Personalidade Borderline

Transtornos mentais na série Batman
(Imagem retirada da internet)

Dr. Harleen Frances Quinzel, também conhecida como Harley Quinn, par romântico do Coringa, apresenta alguns traços de personalidade borderline.

Borderlines são pessoas com um vazio crônico muito grande que acabam utilizando suas relações afetivas como forma de preenchê-lo. Por conta disso, tem um medo muito grande do abandono (real ou imaginário) e acabam fazendo de tudo para impedi-lo, mesmo que os seus esforços sejam tóxicos para si mesmos ou para os seus parceiros.

Pessoas com esse transtorno de personalidade tem uma noção de identidade pouco definida, isso faz com que elas absorvam parte da identidade dos seus parceiros afetivos quando estão em um relacionamento. Isso explica porque Arlequina absorveu parte da identidade do Coringa.

Alguns profissionais de saúde mental acreditam que Arlequina também apresenta traços de personalidade histriônica que é um transtorno que em mulheres é caracterizado por um comportamento sedutor e muitas vezes sexualmente inadequado. São pessoas muito influenciáveis, necessitam de ser o centro das atenções, são muito dramáticas e teatrais e costumam superestimar o seu nível de intimidade com os outros.

Na minha opinião, os traços que prevalecem na personagem são os de personalidade borderline. Também existem pesquisas científicas que evidenciam que existe uma atração muito forte entre psicopatas (antissociais) e borderlines. Pessoas com TPB teriam tendência a se atrair por psicopatas por causa da baixa reatividade deles aos padrões de comportamento borderline e os psicopatas tendem a se atrair por borderlines por serem pessoas que eles manipulam com facilidade, fazendo tudo o que eles pedem para evitar o abandono.

Transtornos mentais na série Batman
Em 'Louco Amor' vemos que os padrões de comportamento borderline de Arlequina já existiam desde antes de ela conhecer o Coringa. Clique aqui e adquira na Amazon.

Borderlines são descritos como apaixonados patológicos extremamente intensos e é exatamente assim que é o sentimento de Arlequina pelo Coringa. A primeira aparição dela foi no desenho animado clássico do Batman nos anos noventa chamado de Batman - A Série Animada e rapidamente ela se tornou uma das personagens mais populares da franquia. A história da sua origem também recebeu uma adaptação para os quadrinhos (imagem acima) que rendeu muitos prêmios, incluindo o Eisner Awards que é equivalente ao Oscar da nona arte.

Algumas pessoas também acreditam que Arlequina apresente a Síndrome de Estocolmo, uma condião em que uma pessoa que sofreu abusos por um tempo muito prolongado acaba por se apaixonar ou ter uma relação de amizade por seu agressor (que neste caso seria o Coringa).


Mulher-Gato (Selina Kyle) - Transtorno de Personalidade Histriônica

Transtornos mentais na série Batman
(Imagem retirada da internet)

A anti-heroína possui traços de personalidade histriônica. Esse diagnóstico antigamente era chamado de histeria e era tratado como se ocorresse apenas em mulheres. O termo está em desuso e foi dividido em vários diagnósticos diferentes, os mais famosos: personalidade histriônica e transtorno de conversão. Hoje em dia se sabe que também ocorre em homens.

Histriônicos foram os pacientes mais estudados por Freud e foi graças a esses estudos que ele considerou a existência Inconsciente e iniciou a teoria psicanalítica.

Mulheres histriônicas podem ser muito sexuais, ousadas, sedutoras e exibicionistas. Gostam de chamar atenção e são o que na internet é chamado de "attention whore" que é um termo bastante misógino e significa "vadia em busca de atenção". Estatisticamente de fato ocorre mais em mulheres, mas isso poderia estar relacionado a repressão da sexualidade feminina em nossa sociedade machista.

Selina é uma personagem muito hipersexualizada e provocativa. O gato é um animal bastante associado a sexualização e ela também possui umas características de sadomasoquismo com seu chicote. Seduz os homens, inclusive o Batman, levando-os a loucura.

Cena arrepiante da Mulher-Gato no cinema.

Ela também possui tons de cleptomania, compulsão por roubar objetos independentemente do valor e isso talvez explique porque se tornou uma ladra.

No entanto, a versão da Mulher-Gato do Christopher Nolan em Batman: O Cavaleiro das Trevas, interpretada por Anne Hathaway, não possui esses traços histriônicos e insanidade. Na minha opinião, isso tirou o brilho da personagem, apesar de amar a Anne como atriz.

[Atualização 18/05/2019: 

Algumas pessoas comentaram que a Mulher-Gato não seria histriônica. Essa hipótese obviamente não se aplica a todas as versões da personagem já que a personalidade dela varia de versão para versão (tanto nos quadrinhos, quanto em desenhos, quanto no cinema e em outras mídias). A Mulher-Gato que claramente tem um perfil histriônico é a do filme Batman Returns (1992) interpretada pela atriz Michelle Pfeiffer (do GIF acima).]

Leia também:


Victor Fries (Sr. Frio) - Depressão e luto patológico

Transtornos mentais na série Batman
(Imagem retirada da internet)

Dr. Fries, também chamado de coração de gelo, é um cientista especializado em criogenia (estudo da produção de temperaturas muito baixas e seus fenômenos).

Sua esposa, Nora, possui uma doença degenerativa incurável e ele descobre uma forma de conservá-la em estado criônico (uma espécie de congelamento que mantém a pessoa viva) utilizando equipamentos da companhia em que trabalhava sem permissão, para que ele possa encontrar um jeito de curá-la. Ferris Boyle, dono da empresa, descobre o experimento clandestino e confronta Fries para impedi-lo.

No confronto, Victor Fries acaba caindo sobre uma mesa cheia de produtos químicos. Ele sobrevive, mas precisa viver dentro de um traje que mantém sua temperatura abaixo de zero.

Sr. Frio ou Mister Freeze, claramente possui depressão e não consegue superar a perda iminente de sua querida esposa. O gelo e a cor fria azul geralmente são associados a tristeza e melancolia.


Duas Caras (Harvey Dent) - Transtorno Dissociativo de Identidade

Transtornos mentais na série Batman
(Imagem retirada da internet)

Harvey era promotor público de Gotham e estava em seu auge. Ele gosta de usar a moeda de duas caras para tomar decisões.

Durante um julgamento, um mafioso chamado Sal Maroni lhe jogou uma substância química tóxica em sua face, deformando o lado esquerdo de seu rosto.

Após esse episódio, Harvey perdeu seu senso de justiça e se tornou um criminoso maligno e vingativo. Ele apresenta traços de Transtorno Dissociativo de Identidade, conhecido popularmente como transtorno de dupla personalidade ou transtorno de múltiplas personalidades (ambos termos estão em desuso), tendo aparentemente duas personalidades distintas para cada uma de suas faces.

Não existem evidências conclusivas de que esse transtorno se trate de fato de mais de uma personalidade, por conta disso hoje em dia ele é tratado como uma fragmentação de uma única personalidade/identidade do indivíduo.


Pinguim (Oswald Cobblepot) - Complexo de Inferioridade ou Complexo de Napoleão

Transtornos mentais na série Batman
(Imagem retirada da internet)

Outro grande vilão da série é o Pinguim. Ele possui traços do chamado Complexo de Napoleão, um tipo de complexo de inferioridade em que a pessoa busca supercompensar uma falta ou incapacidade em outras coisas. Por exemplo, uma pessoa que é vista como feia, busca compensar sua feiura desenvolvendo outros talentos.

Esses traços também podem ser observados em Erik do romance O Fantasma da Ópera. Inclusive, podemos observar algumas referências a isso no filme Batman Returns do Tim Burton em que Pinguim mora no esgoto de Gotham, assim como Erik mora escondido nos calabouços da Opera de Paris.

O Complexo de Napoleão também estaria relacionado a homens de baixa estatura e Pinguim é baixinho e gordinho e sofria bullying na infância e adolescência por causa disso.

Ele é obcecado por guarda-chuvas e também adora pássaros, uma paixão de sua mãe.

As evidências sobre a existência desse tipo de complexo de inferioridade são inconclusivas. Algumas pesquisas apontam que talvez ele seja um mito, outras demonstram que ele possa de fato existir, mas não necessariamente esteja relacionado a estatura ou a agressividade.


Finalizando

Muitos vilões importantes ficaram de fora. Quem sabe depois eu não faça uma parte 2. Comentem aí se vocês acham esse tipo de post interessante! Compartilhem com seus amigos que gostam de quadrinhos e Psicologia! 💓


Transtornos mentais na série Batman
Salve no Pinterest!





Referências

  1. Portal Drauzio Varella - Transtorno do estresse pós-traumático. Disponível em: <https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/transtorno-do-estresse-pos-traumatico/>. Acesso em 27 de Abril de 2019;
  2. Manual MSD - Transtorno de personalidade antissocial (TPAS). Disponível em: <https://www.msdmanuals.com/pt-br/profissional/transtornos-psiquiátricos/transtornos-de-personalidade/transtorno-de-personalidade-antissocial-tpas>. Acesso em 27 de Abril de 2019;
  3. SILVA, Dra. Ana Beatriz Barbosa. Mentes perigosas: O psicopata mora ao lado. São Paulo - SP: Globo/Principium, 2014;
  4. Manual MSD - Transtorno de personalidade borderline (TPB). Disponível em: <https://www.msdmanuals.com/pt-br/profissional/transtornos-psiquiátricos/transtornos-de-personalidade/transtorno-de-personalidade-borderline-tpb>. Acesso em 27 de Abril de 2019;
  5. The Nicola Method - BPD and The Nice Guy Personality Type. Disponível em: <http://www.nicolamethodforhighconflict.com/bpd-and-the-nice-guy-personality-type/>. Acesso em 27 de Abril de 2019;
  6. DINI, Paul; TIMM, Bruce. Batman - Louco Amor e Outras Histórias. Barueri - SP: Panini Books, 2017.
  7. Exame - Crime que originou “Síndrome de Estocolmo” completa 40 anos. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/tecnologia/crime-que-originou-sindrome-de-estocolmo-completa-40-anos/>. Acesso em 27 de Abril de 2019;
  8. Mundo Psicologos - Personalidade histriônica: saiba mais sobre o transtorno. Disponível em: <https://br.mundopsicologos.com/artigos/personalidade-histrionica-saiba-mais-sobre-o-transtorno>. Acesso em 31 de Março de 2019;
  9. Medscape - Personality Disorders. Disponível em: <https://emedicine.medscape.com/article/294307-overview>. Acesso em 31 de Março de 2019;
  10. Health.am - Histrionic Personality Disorder. Disponível em: <http://www.health.am/psy/more/histrionic_personality_disorder_pro/>. Acesso em 31 de Março de 2019;
  11. GRANT, Jon E; ODLAUG, Brian L. Cleptomania: características clínicas e tratamento. Rev. Bras. Psiquiatr.,  São Paulo ,  v. 30, supl. 1, p. S11-S15,  May  2008 .   Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462008000500003&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 27 de Abril de 2019.  Epub Aug 03, 2007.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462006005000054.
  12. Portal Drauzio Varella - Depressão. Disponível em: <https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/depressao/>. Acesso em 27 de Abril de 2019;
  13. Manual MSD - Transtorno dissociativo de identidade. Disponível em: <https://www.msdmanuals.com/pt-br/profissional/transtornos-psiquiátricos/transtornos-dissociativos/transtorno-dissociativo-de-identidade>. Acesso em 27 de Abril de 2019;
  14. BBC - Complexo de Napoleão: altura pode afetar autoestima, felicidade e carreira das pessoas? Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/geral-41924161>. Acesso em 27 de Abril de 2019;
  15. O Globo - Complexo de Napoleão realmente existe, diz estudo. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/sociedade/complexo-de-napoleao-realmente-existe-diz-estudo-17291726>. Acesso em 27 de Abril de 2019.



Comentários

  1. Primeiro eu preciso dizer que achei muito legal o nome do seu blog, ok.
    Eu sou uma pessoa que ama o universo da Marvel e da DC igualmente, mas o que eu sempre gostei no Batman e no universo dele, fora a liga da justiça, é que os vilões são simplesmente pessoas, como todos nós, com suas personalidades e com suas razoes e seus motivos pra terem ficado assim, o Batman pra mim sempre será o melhor heroi da DC, pq ele é humano, pq ele é forte graças ao esforço e dinheiro (é claro) dele, não é pq ele veio de outro planeta ou coisa do tipo, devo dizer que eu detesto o Superman.
    É muito bom, ver um post detalhando as personalidades que eles tem e tendo referencias sobre isso é melhor ainda. Desculpe se meu comentário ficou longo, é que eu realmente amo esse universo e se deixar eu falo até amanhecer kkkkkk.
    Ps: Mesmo amando o Batman, pra mim ele ainda perde pro Tony.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não gosto muito do Superman, mas o Tony Stark para mim é muito chato e forçado kkkkk (pronto para as pedras).

      Excluir
  2. Agora entendi pq me identifico com a Harley,sou uma garota border,e amo alguém igual ao Coringa.Sei que isso não é nada bom,mas não consigo sair disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É importante tentar quebrar esse ciclo porque é muito sofrimento :/

      Talvez fazer terapia ajude.

      Excluir
  3. Antes eu era viciada em batman, já hoje comecei a gostar mais da marvel hahaha, enfim, além de informativo o post ainda ficou super bacana!

    ResponderExcluir
  4. Olá Garoto de outro planeta, ultimamente estou desligadas do lançamento desses filmes, eu gosto mesmo das versões clássicas, eu gosto bastante é do do Bruce desde a primeira vez que assistir, ele passou por um trauma e tanto que trouxe ele pro meu mundo RS. Ótimo post!


    Xoxo S 🌻

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quais dos filmes clássicos você gosta? Aqueles do Tim Burton?

      Excluir
  5. Achei mara o post e pode trazer mais assuntos assim que adoro. Agoraaaaa, quanto a sua comparação, concordo e discordo,hahahahaha, amo o Batmam maaaaas, nada como o humor ácido e o sarcasmo do meu Homem de Lata,hahahaha. Mas confesso que a Marvel não faz vilões memoráveis como a DC, nisso eu tenho que concordar. CLAP, CLAP

    ResponderExcluir
  6. Esse blog me chama atenção pela especificidade ao universo Geek. É certo que o Batman precisava de uma atenção a parte dos outros heróis e os detalhes descritos aqui me fazem criar várias conspirações do universo DC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se o universo Geek é o foco do meu blog, mas vira e mexe analiso alguma coisa do gênero kkk

      Que bom que você gostou!

      Excluir
  7. Sempre gostei de Batman, pois acho os vilões muito criativos quando querem aprontar. É muito divertido.

    ResponderExcluir
  8. Olá. Não vou mentir que estava empolgado com Vingadores e amei o filme, que para mim merece todo o sucesso que está tendo. Mas ainda assim, amo a DC e adoro seus filmes. No caso dos quadrinhos, dificilmente eu leio algo da Marvel, talvez algumas histórias curtas, ia a DC, tenho belas coleções do Batman em casa. Adorei o POST, todos os fãs de heróis e vilões deveriam ler.

    ResponderExcluir
  9. Que post mais interessante, se formos analisar o Batman realmente têm muitos personagem com transtornos mentais, incluindo o próprio Batman, parabéns pelos post ficou muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Fico feliz que tenha gostado da publicação <3

      Excluir
  10. Realmente, os personagens são mais construídos e existe muitas camadas para se desvendar deles e isso me encanta também.
    Adorei o post, ficou muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado! Gosto muito dos personagens do Batman e da DC.

      Excluir
  11. Eu absolutamente AMEI o seu post ♡ Apesar de preferir os filmes da Marvel sempre gostei mais dos heróis da DC e, entre os homens, Batman é meu favorito. Gosto de como é tudo muito humano e intenso nas histórias dele e como ela mostra que transtorno mentais podem despertar heróis ou vilões, dependendo de como cada um lida com isso. Coringa é um exemplo tão intenso que temos Heath Ledger como parte da história do personagem, que entrou tão a fundo nele que os transtornos dos dois quase se uniram...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim :O

      É meio chocante ver como alguns gênios tem esse lado insano também. Quem sabe esse seja o tema de um post futuro. Obrigado pelo comentário <3

      Excluir
  12. Eu adorei esse posto, gosto bastante dos vilões da DC e esses que você trouxe tem realmente caracteristicas muito interessantes. A relação e as referencias com a Psicologia ficaram ótimas, parabéns pelo post!!

    http://blink-moments.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Gente que post mega interessante! Confesso que não sou fã de super herói então nem os conheço bem para falar, mas lendo seu post eu fiquei chocada em como esses transtornos são relatos. Olhei para esse universo por outra perspectiva agora. Parabéns por essa ideia! Post incrível!

    Tamara
    tamaravilhosamente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É de uma genialidade impressionante mesmo essa pluralidade de personagens, todos bem construídos <3

      Excluir
  14. Muito bacana conhecer mais dos personagens por aqui! Muito completo seu post!Gosto da Marvel e DC, nada contra as duas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto das duas também, mas tenho mais a ver com a DC. Obrigado pelo comentário! <3

      Excluir
  15. Achei primeiramente de MUITA criatividade sua esse post, rs. Também achei bem importante pois traz informações sobre transtornos que não são mt falados em blogs e de uma forma leve, super fácil de entender e interessante, já que transformou em algo engraçado, correlacionando aos personagens. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou! <3

      Realmente, alguns desses transtornos aí são bem pouco conhecidos

      Excluir
  16. Confesso que sou muito mais Marvel que DC haha Mas eu amei essa análise que você fez dos personagens. Realmente, nunca tinha pensado em outros transtornos além dos personagens do Coringa e da Arlequina. Parabéns pelo trablho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tem outros personagens também com questões psicológicas bem profundas. Muito obrigado!

      Excluir
  17. FAZ UMA PARTE 2 PELAMOR DE ZEUS! Amei o post! ❤❤❤ Foi o post mais lindo e informativo que já me deu gosto de ler! Faz mais posts desse tipo, por favooooooor ❤❤❤❤❤ Amei o seu blog e espero que continue aqui pela blogosfera conosco! ❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou! <3

      Esse post fez muito sucesso, então com certeza escreverei mais posts assim e provavelmente farei uma segunda parte (mas preciso estudar mais para isso).

      Excluir
  18. Que genial seu post, eu amei a análise que você fez dos personagens! Sempre gostei do Batman, mas tenho uma preferência pelo Coringa... apesar da psicopatia hahaha.
    Adorei seu blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes os vilões nos cativam mais que os protagonistas, ainda mais os vilões da DC que são incríveis.

      Que bom que gostou <3

      Excluir
  19. Olá,

    Como sempre você conseguiu nos apresentar um excelente post, com informações importantes. Confesso que gosto mais do universo da Marvel, por ter um pouco desse lado mais cômico.
    Mas essas análises que você fez acerca dos personagens de Batman ficaram perfeitas. Claramente muitas se assemelham aos personagens. Parabéns pela pesquisa!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Marvel dos quadrinhos é mais sombria que a dos filmes. Acho que nos filmes eles tentam pegar uma audiência maior e família, por isso deixam as coisas mais leves.

      Que bom que você gostou <3

      Excluir
  20. Que post incrível! Eu gosto muito de ler sobre psicologia em geral, é um assunto que muito me interessa. Já li algumas coisas por aí associando personagens das mais diversas histórias as transtornos psiquiátricos, mas achei o seu post bem mais completo e fundamemtado do que a maioria das coisas que eu já li. Eu sou mais fã da Marvel do que da DC justamente por essa leveza que você mencionou. Acho os heróis da Marvel bem mais interessantes, os da DC, para mim são meio sem graça. A exceção da Mulher Maravilha, que eu adoro. Agora, os vilões da DC são absurdamente bem criados. As motivações e o desenvolvimento são muito bem feitos, tanto que essa sua análise do post faz muito sentido.

    ResponderExcluir
  21. Esse post me ganhou, tb sou fã da DC e acho o universo Batman incrível, seus personagens são profundos e intensos, adoro. Os vilões são enigmáticos, ótimos para análises psicológicas, o post foi certeiro em suas explicações. Gostaria sim de ver mais análises dos outros vilões, acho o tema interessantíssimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muitos outros vilões interessantes. Estou estudando para ver se escrevo uma segunda parte no futuro ❤

      Excluir
  22. Primeiramente, deixo aqui meu singelo e mais sincero pelo excelente blog, muito lindo demais. Agora vamos falar desse post incrivel rsrs.
    Confesso que tem um tempinho que não acompanho filmes e séries desse estilo, mas sou mega fã de verdade rsrs.
    Depois de ver alguns deles, irei procurar pra assistir com toda certeza rs.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os filmes e séries da DC são bem diferentes dos filmes e séries da Marvel. A maioria dos filmes da Marvel é bem leve e família, enquanto os filmes da DC são filmes mais sombrios e adultos e tratam de alguns problemas mais próximos dos problemas que a humanidade vivencia.

      Excluir
  23. achei fantastico o texto pelo capricho das referencias e estudo sobre as teorias, so achei desnecessario fazer comparações pois Marvel e DC sao farinha do mesmo saco, pois Hq de ambos os lados, possuem traçcos mais humanos do que nos filmes pois no cinema precisa ser algo mais dinamico. Tirando poucos filmes que retrataram bem o ambiente original (Sin City por exemplo), a maioria quer atingir o maximo de publico possivel. Ambos usam caracteristicas encontradas ou ja usadas em personagens da outra produtora, da mesma forma que o Batman pode ser um mix de varios personagens da Marvel, tem muitos da marvel que uni varias coisas da DC, por isso eh besteira ficar na historia de um eh melhor que o outro.

    Temos que ficar felizes por terem conteudo Hq nos cinemas, seja de quem for.....pois no final, todos vao sairganhando.....Gosto de clima depressivo, e tanto na DC quanto no Marvel eu sigo personagens que sao melancolicos, depressivos ou com personalidades mais humana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! A comparação entre a DC e a Marvel foi apenas um comentário sobre o meu gosto pessoal (com uma brincadeirinha), o objetivo da publicação não é comparar as duas.

      Mas a DC é muito mais aclamada que a Marvel no universo dos quadrinhos. Ela possui +260 Eisner Awards (Oscar das HQs), enquanto a Marvel possui +60 desse prêmio.

      O Superman e o Batman são heróis bem mais antigos que os grandes da Marvel e não chegaram a ser influenciados por eles não, mas de fato depois uma se inspirou na outra em vários momentos. Como Aquaman que é claramente inspirado no Namor. Por aí vai.

      Excluir
  24. Oie!
    Eu adorei esse post sem medida! Eu sou muito fã do Universo Marvel, mas o Batman é meu super herói favorito para todo o sempre! ahaha Mesmo ele tendo características semelhantes à do Homem de Ferro, e vice e versa, por ordem de criação, são personalidades tão distintas que não costumo associar ou comparar um com o outro.
    Sobre os possíveis transtornos dos personagens, eu adorei ler sobre cada um. Meu Coringa favorito sempre será o Heath Leadger, mas da Mulher Gato, apesar da Michelle Pfeiffer ser espetacular, eu gostei muito da personagem que desenvolveram com a Anne Hathaway, achei mais plausível, de certa maneira, até mesmo por causa do fim que deram para ela e pro Bruce.
    Excelente trabalho no post! Acho que será incrível uma parte 2 com mais personagens! :)
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles são bem diferentes mesmo. É que o Iron Man foi criado para ser uma resposta ao Batman, por isso ele tem algumas semelhanças com ele. Só que não chega a ser uma cópia, as semelhanças não passam dessas que eu falei no texto.

      Fico feliz que você tenha gostado do post!

      Apesar de eu amar os filmes dessa trilogia do Batman do Nolan, eu não gosto como alguns personagens perderam seu lado insano e ficaram muito normais. No caso da Mulher-Gato eu também não sou muito fã do figurino dela. Mas aí é coisa minha, esses filmes são inquestionavelmente bons!

      Obrigado pelo comentário ❤

      Excluir
  25. Lembro-me bem dessa cena em que o Joker incendeia um monte de dinheiro, e os seus “capangas” ficam com caras tristes enquanto o dinheiro arde e o Joker desata a rir! Essa foi para mim uma das cenas mais marcantes do filme, pois é a cena onde se vê as verdadeiras intenções do Joker que nada têm a ver com conseguir (ainda) mais dinheiro.
    Parabéns pelo post, foi muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Ele só quer se divertir com o caos. É um personagem muito curioso!

      Excluir
  26. Eu não assisti praticamente nada dessas coisas rs, não sei nem quem são alguns dos comentados aqui. Mas, foi bem interessante saber sobre alguns transtornos que eu não conhecia. Ótimo seu post, teve todo um cuidado em tudo, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fizer o seu estilo, depois procure para ler ou assistir. É muito bom!

      Excluir
  27. Infelizmente a DC quando se trata de cinema acaba não se destacando na produção de seus roteiros como acontece na Marvel, porém suas animações e adaptações para a tv acabam de destacando.

    Achei incrível sua postagem, não sei se você já assistiu a série Gotham, mas fica nítido que mesmo antes do Batman ser o Batman na cidade ninguém é livre de algum transtorno psicológico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não assisti Gotham, mas pretendo. Eu acho que a DC já está bem no cinema de novo, foi uma fase ruim.

      Excluir
  28. A postagem ficou muito interessante , tinha coisa que eu nem mesma conhecia, foi legal saber. Eu gosto da DC e da Marvel. Comecei a ver a série Gotham e peguei carinho por alguns personagens também, acho muito legal esse universo Sweet Magic ~ visite ♡ Kissus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Fico feliz que você tenha gostado da publicação. Eu não tenho tanto conhecimento do universo da Marvel, mas quem sabe eu não faça um post assim sobre personagens dela também.

      Obrigado pelo comentário ❤

      Excluir
  29. Oie, adorei o post... gosto imenso do Batman, justamente por sua personagem conturbada, mas no caso da Mulher Gato de 92 não a considero histriônica. Ela sofria de baixo estima. Era uma mulher num mundo de homens. Alguns nem a notavam e quando a notavam a reduziam a uma condição miserável. Os gatos eram seus parceiros, o contrário dos homens. E quando ela retorna de sua 'morte' sobrevive a personalidade outra.
    Enfim, gosto imenso desse personagem e nem tantos das outras versões. A Michelle arrasou e depois dela...
    Acho que tanto DC quando Marvel são incríveis mas, no cinema, a DC anda pisando na bola com roteiros ruins e tramas enfadonhas. E pelo que li, vem por aí um novo Batman e já senti um bocadito de preguiça. rs

    bacio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, mas histriônicos tem problemas de autoestima e por isso buscam atenção. A Mulher-Gato desse filme está constantemente buscando atenção do Batman e de outros personagens, então entra de acordo com o perfil desse tipo de personalidade.

      Sobre o novo filme do Batman, estou bem confiante que vai ser um filme bom porque vai ser dirigido e roteirizado pelo Matt Reeves que é um diretor aclamadíssimo e já estão trabalhando no longa já tem uns anos, então está sendo um projeto bem desenvolvido e estudado. Espero me surpreender.

      Obrigado pelo comentário ❤

      Excluir
  30. Universo da Marvel e DC é incrível. Agora vendo todas essas informações em uma só postagem reunida é muito bom. Claro que eu não posso deixar de mencionar com relação ao Coringa que apesar de ser um louco psicopata, inegavelmente alcança Nossa admiração. É um personagem incrível

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem algumas teorias de que ele é apaixonado pelo Batman. Acho bem curioso.

      Excluir
  31. Eu também não tenho muita paciência para Tony Stark ! Gostei bastante do teu post , e foi bem legal você ter deixado os links de pesquisa, com certeza vai ajudar bastante quem quiser ler mais a respeito do assunto !

    ResponderExcluir
  32. Olá!

    Eu confesso pra você que sou fã da Marvel.
    Tenho que concordar com alguns pontos de vista, principalmente a respeito da Harlequina e do Coringa, que são personagens que eu conheço mais. O Coringa claramente revela sinais de sociopatia se formos analisar pelas questões que você falou.
    Adorei o post, super diferente!

    ResponderExcluir
  33. Muito legal esse post, muitas e não todas esses problemas eu desconhecia, parabéns e amo seu blog.

    ResponderExcluir
  34. Eu gostei muito da ideia desse post em apresentar possíveis transtornos mentais dos personagens da série Batman, porque são questões implícitas que levantou, e que eu nunca tinha parado para pensar melhor a respeito. Confesso que eu nunca fiz essa separação entre Marvel e DC, se o plot twist do filme de atrai, eu estou assistindo rs'. Porém, os meus heróis favoritos estão na Marvel, acho que isso contribuiu pelo meu gosto pelos filmes da mesma também.😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto da Marvel também, apesar de ser mais fã da DC. Esses meus comentários foi mais de brincadeira mesmo kkk

      Fico feliz que você tenha gostado do post ❤

      Excluir
  35. Oie, tudo bem? Que post mais interessante. Apesar de não assistir e/ou conhecer muito profundamente a história de cada personagem alguns desses transtornos são bem nítidos como os do Batman e do Coringa. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o Coringa é o que as pessoas já tinham uma ideia. Apesar disso, a informação oficial da DC é que ele é um caso muito difícil de ser classificado dentro da psiquiatria.

      Excluir
  36. Olá, ainda não assisti os citados, embora não tenha assistido conheço alguns personagens. Achei super interessante os tipos de transtornos relacionados aos personagens. Adorei o post.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Dica: clique em "notifique-me" para que você seja avisado(a) por e-mail quando eu responder seu comentário ❤