A diversidade das tribos urbanas (Reflexão)

A diversidade das tribos urbanas (Reflexão)
A diversidade das tribos urbanas (Reflexão)

As blogagens coletivas vieram para ficar! Este é um projeto que eu organizo em parceria com a BlogaWeb (rede social para blogueiros) em que todo mês nós definimos um tema e todos os participantes publicam um texto de acordo com ele ao mesmo tempo em seus blogs.

Siga nas redes sociais: 👍 Facebook | 💬 Twitter | 📷 Instagram | 📌 Pinterest
🔔 Seja um padrinho! Conheça minha campanha no Padrim

As blogagens irão acontecer sempre mensalmente e está é a segunda edição. A BlogaWeb está passando por reformulações, mudou de plataforma para o WordPress e no próximo mês a previsão é que ela ganhe uma cara completamente nova e mais atrativa (noticiarei por aqui quando isso acontecer) 💓
Como nós estamos no mês da diversidade, resolvi pegar um tema que fosse relacionado a pluralidade humana, mas não se referisse exclusivamente a questão de sexualidade e gênero (até porque já publiquei um texto sobre isso essa semana). Também porque busco escolher temas que possam ser adaptados à diversos nichos de blogs para que todos os participantes sejam contemplados (mês que vem o tema será escolhido em conjunto).

Então resolvi falar sobre a diversidade de gostos, ideologias, preferências e estilos de vida.

Tema - "Tribos urbanas"

Todos os participantes devem elaborar uma publicação inédita em seus respectivos blogs dentro do tema proposto. Essa publicação deve ter no mínimo 500 palavras, gênero livre (crônica, poesia, narrativa, reflexão) pode conter imagens, citações, tudo o que a sua criatividade permitir. No topo do post, inclua o banner (imagem em anexo).

Texto de apoio:

"A história da humanidade é cheia de histórias de guerras motivadas por diferenças culturais, étnicas e religiosas. Apesar de já estarmos no século XXI, estamos longe de nos livrar desse problema.

Trazendo para o nosso dia-a-dia, observamos que as pessoas criam conflitos até mesmo diante de diferenças bobas como times de futebol, música, filmes, etc. Se dividem em tribos que acabam por rivalizar entre si. Como se o conflito fosse necessário, como se elas precisassem reafirmar a superioridade do lado que escolheram.

Junho é o mês da diversidade, então que tal refletirmos sobre a diversidade de uma forma bem geral? A diversidade de gostos, estilos de vida e tribos que lotam grandes cidades?"

Segue abaixo meu texto, espero que gostem ❤



Cosmopolitano


Eu cresci em São Paulo capital, uma das maiores metrópoles do mundo e também com uma diversidade de pessoas imensa. Acredito que este é o charme daqui, adoro.

Para vocês terem noção: o Carnaval daqui é muito doido, existem blocos temáticos dos mais variados estilos de música. Capaz de existir até bloco de heavy metal ou de música gótica. É opção para todos os gostos.

Sou uma pessoa muito com gostos muito variados também. Às vezes gosto de passar uma tarde em casa assistindo séries, outro dia quero ir no Centro Cultural curtir uma biblioteca, uma exposição de arte também é uma boa pedida, de repente sinto vontade de colocar um pouco mais de emoção na minha vida e vou para uma balada dançar e cantar até amanhecer.

Uma coisa que eu acho intrigante é como as pessoas tendem a criar conflitos sobre as suas diferenças, mesmo as diferenças mais bobas, como gostar de cantoras pop diferentes. Eu não me isento disso não, às vezes arranjo umas discussões na internet por conta dessas coisas 😅

Só que atualmente eu tenho um nível de maturidade que me impede de levar esse tipo de discussão para o lado pessoal. Tem gente que não consegue discordar de alguém sobre alguma preferência sem desfazer amizade.

É como se as pessoas se sentissem inseguras sobre suas escolhas e precisassem reafirmar? Uma necessidade de ir até o coleguinha que gosta da coisa diferente e dizer:
"olha, a minha escolha/preferência é superior"
Não sei, isso é só uma hipótese e não tenho a pretensão de confirmá-la.

Quem acompanha meu blog há um tempo, sabe que quando falo sobre Psicologia por aqui, frequentemente menciono os conflitos que ocorrem entre estudantes e profissionais de diferentes abordagens. Algumas vezes esse tipo de conflito chega a ser antiético, como quando presenciei um profissional desaconselhando uma pessoa em um grupo de ajuda a continuar passando com seu psicólogo porque o mesmo era de uma abordagem "rival" da dele.

Intrigas Psicologia
B.F. Skinner e Sigmund Freud são as divas pop da Psicologia no quesito intriga de fanbases. (Créditos: @psicologiadobuzu)

Na Psicologia a intriga colossal é entre profissionais da Psicanálise e outras abordagens psicodinâmicas Vs Behaviorismo e Terapias Cognitivas/Cognitivas-Comportamentais.

Atualmente também os fãs de artistas viraram tribos, a pessoa que gosta de Lady Gaga é little monster, a que gosta de Rihanna é fenty e a que gosta de Beyoncé é beyhive (assim por diante). No mundo da música existem subtribos até dentro do gêneros, mil tribos dentro do Rock, mil tribos dentro do hip hop.

O mundo nerd também é bem dividido: dentro da comunidade gamer nós temos os sonystas (fãs de Playstation), os nintendistas (fãs de Nintendo) e os caixistas (fãs de Xbox). Já no mundo dos quadrinhos tem os Marvetes (fãs de HQs da Marvel) e os DCnautas (fãs da DC Comics).


Eu também sou muito fã do Sonic e dentro da fanbase dele temos a tribo dos classistas (que preferem jogos estilo os antigos de Mega Drive), os que preferem os jogos da geração Dreamcast/Playstation 2/Game Cube e os que preferem os jogos no estilo moderno (do PS3/Wii/360 para hoje). A treta é feia.

Como disse lá em cima, não me isento, não! Às vezes me meto nessas intriguinhas 👀

Mas depois que passa, eu penso:
Já pensou que chato o mundo seria se todos pensassem igual e gostassem das mesmas coisas?
Eu não sei se eu conseguiria viver em uma cidade pequena, eu acho que eu ficaria entediado com a falta de diversidade. Por mais que São Paulo tenha muitos problemas, gosto daqui por causa disso. Consigo fazer amizades com pessoas de gostos que eu tenho que não são tão comuns e também consigo aprender e a gostar de coisas novas interagindo com pessoas de outras tribos.



De que tribo eu sou?

A diversidade das tribos urbanas (Reflexão)
(Imagem retirada do site Uihere)

Taí uma pergunta que nunca consegui responder direito. As pessoas sempre me rotularam como emo, mas nunca me identifiquei muito. Eu gosto de algumas bandas e tenho um estilo de cabelo e de roupas que as pessoas associam com isso, porém quando interajo com pessoas desse mundo me sinto deslocado.

Principalmente porque também gosto de gêneros de música que rockeiros e emos odeiam.

Acho que no final das contas eu tenho várias tribos, ou sou da tribo dos diversos. E acho que há alguns meses pertenço a tribo dos blogueiros 😂

Você pertence a alguma tribo? Às vezes também entra nesse tipo de intriga com pessoas de gostos ou escolhas diferentes? Comente! Eu adorarei saber 😉. E ative as notificações clicando no sininho flutuante😍


Gostou? Não se esqueça de conferir também os textos dos outros participantes:
Essa blogagem coletiva foi organizada por meio da BlogaWeb - A rede social dos blogueiros e blogueiras.


A diversidade das tribos urbanas (Reflexão)
Salve no Pinterest





Comentários

  1. Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    De que Tribo és? Da mais fofinha! Já respondi. Não tens de agradecer!
    Nenhuma escolha é superior, mas a meu ver há escolhas que são bem atrasadas. Como ninguém vê que Bolsonaro é machista?!
    Beijokitaz





    www.devaneiosdemissl.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algumas diferenças são mais complicadas :O

      Obrigado por comentar e participar ❤

      Excluir
  2. É muito estranho como algumas pessoas não conseguem aceitar que outras se divirtam/comportem de uma forma diferente da delas, parece que isso invalida o estilo que elas escolheram.

    Mas a beleza está na diversidade mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Se nós gostassemos todos do mesmo e se pensássemos todos da mesma maneira seria certamente um mundo muito chato, provavelmente o meu caminho seria fugir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! As diferenças também tornam o mundo mais interessante ❤

      Excluir
  4. Olá!
    Todos nós somos diferentes, se não houvesse diferenças seria muito chata a nossa existencia, só precisamos conviver harmonicamente com elas.
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Gosto de um mundo bem colorido e diverso.

      Obrigado pela visita ❤

      Excluir
  5. Mania das pessoas criarem mil tribos, que não deixam de ser rótulos, só para tentar enquadrar as pessoas. Que tal todos sermos da tribo humanos? rs
    Parabéns pelo texto e pela iniciativa. Abraços, Claudia Sardinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que as pessoas sentem necessidade de pertencer a algo diferente. É um pouco irônico porque na realidade surgem tribos compostas de vários "iguais", né? kk

      Mas o importante é respeito à diversidade ❤

      Excluir
  6. Eu acho que a diversidade é uma das maiores preciosidades da humanidade. É aquele velho clichê, o que seria do amarelo se todos gostasse do azul? Acho maravilhoso termos tantas opções, gostos variados. Não só em termos de tribos, mas dentro da gente, sabe? Muitas vezes as coisas que nós gostamos parecem se contradizer, mas e daí? As opções estão aí pra isso mesmo, seria tudo muito sem graça se todos gostasse das mesmas coisas ou se não existissem tantas possibilidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Também não teríamos muito com quem trocar "figurinhas"

      Excluir
  7. Adorei o post. Sempre digo que a força de seus argumentos mora no respeito para com o dos outros e tentar convencer ou "converter" alguém é um direito, mas quando vira necessidade é melhor rever seus próprios conceitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Não deveria ser uma necessidade que todos fossemos iguais ❤

      Excluir
  8. A beleza da diversidade é justamente nos apresentar a infinidade de possibilidades que existem na vida. Há tantas coisas bacanas que podemos curtir, gostar de algo não invalida as preferências de outras pessoas, até pq o que não gostamos hoje amanhã já podemos ver com bons olhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E podemos aprender com os outros ❤. Variar nosso repertório.

      Excluir

Postar um comentário

Dica: clique em "notifique-me" para que você seja avisado(a) por e-mail quando eu responder seu comentário ❤